decrição

Notícias

BA-099 teve redução de 23% nos acidentes durante o São João

Concessionária registrou mais de 147,8 mil veículos durante os dias de operação especial

Entre os dias 22 a 27 de junho, a Concessionária Litoral Norte (CLN) registrou mais de 147 mil veículos na BA-099. No período, foi realizada a operação de feriado do São João, que contou com o apoio da Polícia Rodoviária Estadual (PRE). O fluxo de veículos em 2021 representa 40% a mais em relação a 2020 e é 12% maior que 2019. Durante o período, foi registrado queda de 23% no total de acidentes em relação a 2020. Em comparação com o mesmo período do ano passado, também houve queda de 85% em acidentes com vítimas.

Para a operação, a CLN contou com incremento superior a 20% no número de trabalhadores para atuar na praça de pedágio e em todo o trecho operacional. Entre eles estiveram a postos, operadores de pedágio e operadores viários, viaturas e ambulâncias, que puderam atender as demandas do aumento de fluxo de veículos esperado nos feriados prolongados. “Embora o tráfego realizado tenha sido 40% superior ao ano passado, tivemos redução de 85% nos acidentes com vítimas em comparação com o feriado de 2020, o que evidencia maior cuidado no trânsito.” avaliou Daniel Ovalhe, gerente de operações da CLN.

Números da Operação São João

  • 147,8 mil veículos circularam pela via
  • 37 atendimentos de pane mecânica
  • 6 atendimentos clínicos
  • 6 panes secas
  • 5 socorros a pane elétrica

Sobre a CLN

A Concessionária Litoral Norte (CLN), uma empresa Invepar Rodovias, administra a rodovia BA-099, que compreende a Estrada do Coco (a partir do km 7,7) e a Linha Verde, conectando Lauro de Freitas até a divisa dos estados da Bahia e de Sergipe, com extensão total de 217 km, entre 183 km de rodovias e 35km de vias de acesso. A concessionária presta serviço para o Governo da Bahia e é fiscalizada e regulamentada pela Agência Estadual de Regulação de Serviços Públicos de Energia, Transportes e Comunicações da Bahia. Atualmente, a empresa gera cerca de 400 empregos diretos e indiretos e já repassou mais de R$ 30 milhões em impostos para os municípios da região.