decrição

Notícias

MAIS DE 126 MIL VEÍCULOS PASSAM PELA BA-099 DURANTE O FERIADO DE CORPUS CHRISTI

Tráfego realizado foi 5,4% menor que o registrado pela Concessionária Litoral Norte no ano passado

Entre os dias 15 e 20 de junho, mais de 126 mil veículos passaram pela BA-099, uma redução em 5,4% quando comparado com o mesmo período de 2021. De acordo com dados da Concessionária Litoral Norte, uma empresa do Grupo Invepar, o tráfego foi 4% menor que o previsto para o período do feriado de Corpus Christi.

Já em comparação com 2020, o movimento na BA-099 neste ano representou um crescimento de 30%. O dia com o maior fluxo foi a sexta-feira (17), onde 23.076 veículos passaram pela rodovia, seguido do sábado (18), com 21.218 veículos.

O dia com menor movimento foi a quinta-feira (16), onde a 19.124 passaram pela BA-099. Os atendimentos às ocorrências médicas e mecânicas somaram 94 chamados. Ocorrências de apoio operacional foram as mais recorrentes, com 18 casos durante o período de Corpus Christi. Seguido de pane mecânica e animais na rodovia, ambos com 17 registros.

Durante a operação especial de atendimento aos usuários, a CLN reforçou a equipe do pedágio, o que auxiliou na agilidade do atendimento com papa-filas. A iniciativa teve o intuito de garantir a trafegabilidade com segurança e conforto aos condutores.

Para garantir a segurança dos clientes, a concessionária dispõe de ambulâncias de resgate, UTI móvel, caminhão pipa, guinchos leve e pesado, além de viaturas de inspeção. Os serviços de atendimento ao usuário podem ser acionados, em caso de emergência, por meio de ligação gratuita para o número 0800-071-3233. Outras solicitações podem ser feitas através do e-mail atendimento@clnorte.com.br.


Sobre a CLN

A Concessionária Litoral Norte (CLN), uma empresa Invepar Rodovias, administra a rodovia BA-099, que compreende a Estrada do Coco (a partir do km 7,7) e a Linha Verde, conectando Lauro de Freitas até a divisa dos estados da Bahia e de Sergipe, com extensão total de 217km, entre 183km de rodovias e 35km de vias de acesso. A concessionária presta serviço para o Governo da Bahia e é fiscalizada e regulamentada pela Agência Estadual de Regulação de Serviços Públicos de Energia, Transportes e Comunicações da Bahia. Atualmente, a empresa gera cerca de 400 empregos diretos e indiretos e já repassou mais de R$ 26 milhões em impostos para os municípios da região.